Após a recuperação da covid-19, alguns sintomas podem persistir. A queda de cabelo é um deles e pode acontecer assim que o paciente recebe o diagnóstico de cura da doença. Os sintomas podem ocorrer entre dois e três meses depois da recuperação e a queda acontece de forma muito mais precoce, sendo percebida de 06 a 08 semanas depois da doença.

 

De acordo com pesquisadores de universidades dos Estados Unidos, do México e da Suécia, a queda de cabelo aparece entre os 05 sintomas mais relatados por pacientes após a recuperação da covid-10.

 

As causas da queda de cabelo podem ser diversas, sendo a ocorrência de febre alta uma delas. Pacientes que apresentam temperatura alta ou quadros mais graves da covid-19 podem, consequentemente, relatar mais queda de cabelo, porém não é uma queda cicatricial, isto é, não deixa cicatrizes. O paciente vai ter uma perda abrupta, mas esse cabelo vai se recuperar na sequência.

 

Como caíram muitos fios, eles demoram a recuperar o volume. O cabelo cresce, mais ou menos, um centímetro por mês. Ao final de 75 dias, em média, os fios acabam voltando na sua densidade e, como vão voltar curtinhos, demora a preencher o volume do rabo de cavalo, em uma mulher, por exemplo

 

No caso de uma infecção importante, como a covid-19, e de diversas outras doenças, muitos fios vão entrar na fase de repouso do crescimento, e os fios só cairão entre dois e três meses após o evento da doença

 

Diante dessa situação, e de quadros semelhantes, recomenda-se procurar o suporte de um dermatologista, que tem condições de fazer um diagnóstico adequado para o problema e prescrever tratamentos para enfrentar o problema, evitando efeitos duradouros.