A acne da mulher adulta pode iniciar-se na adolescência e persistir até a idade adulta ou surgir posteriormente, nessa fase. Alguns estudos epidemiológicos mostram prevalência de cerca de 41% das mulheres adultas. A dieta rica em alimentos com alta carga glicêmica, a resistência insulínica, o uso de cosméticos oclusivos, o estresse emocional e a puberdade precoce são alguns fatores importantes no desenvolvimento dessa patologia. O tratamento é um desafio, além das medicações já consagradas, temos outras opções como a espironolactona.

Na próxima Jornada Catarinense de Dermatologia, que ocorrerá em Itapema nos dias 18 e 19 de outubro, teremos um palestrante expert nesse assunto: Dr. Marco Rocha.

Não fique fora de mais esse evento da nossa regional!